Powered by WP Bannerize

Powered by WP Bannerize

Ladário-MS, 18 de outubro de 2012

Powered by WP Bannerize


Deputados desmoralizam propaganda de Giroto contra Bernal

Postado em 18 de outubro de 2012 por Pérola News há 5 anos


Deputados estaduais tanto governistas quanto oposicionistas de forma unânime desmoralizaram, nesta quinta-feira (18), propaganda política do deputado federal Edson Giroto (PMDB), exibida todos os dias na televisão e na rádio, contra o deputado estadual Alcides Bernal (PP).

No programa eleitoral, a equipe do governista vai às ruas indagar a população sobre as obras realizadas em Campo Grande por Bernal. Ao mesmo tempo, exibe Giroto como o candidato “faz-tudo”, autor de obras na educação, assistência social e no setor habitacional, apesar de ele nunca ter ocupado cargo nas respectivas pastas. A estratégia é desqualificar a atuação política do adversário, como se fosse função dele realizar obras.

Para os deputados, a comparação é “indevida”. A certeza leva em conta o fato de não ser função do parlamentar a execução de obra. “Como que eu legislador vou executar obra?”, questionou o vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Márcio Fernandes (PTdoB). “Se fosse secretário de obras do município ou do Estado, eu faria”, emendou para reforçar que cabe ao prefeito, governador e aos secretários realizar obra.

Há 18 anos na Assembleia, o deputado estadual Zé Teixeira (DEM), também da base aliada do governador André Puccinelli (PMDB), disse que “nunca viu um deputado fazer obra”. “Somos legisladores, não temos a caneta para fazer licitação, não temos recurso”, explicou.

Ele frisou ainda que a única maneira de ajudar com verba a população é por meio das emendas parlamentares. “Por ano, o Estado nos dá R$ 800 mil em emenda, dá R$ 10 mil para cada município”, frisou. “Portanto, como deputado não tem como fazer obra, a não ser que pague do meu bolso”, concluiu.

Lauro Davi (PSB), outro apoiador da candidatura de Giroto, endossou o discurso dos colegas de Casa. “Não sou Executivo, que obra que você queria que eu fizesse? Aqui a gente coloca emenda pra educação, assistência social para Campo Grande e interior. Nem passa por aqui a obra, o deputado estadual, como o federal não tem possibilidade, por exemplo, de fazer uma escola”, comentou.

O discurso também é unanimidade entre parlamentares da oposição. “Não fiz nenhuma obra, deputado não realiza obra, deputado é legislador, faz projeto, debate, quem realiza obras é o Executivo, como não fui prefeito, nem governador não fiz obras”, explicou o deputado estadual Pedro Kemp (PT).

Para ele, a comparação feita pelo novo marqueteiro de Giroto na propaganda eleitoral para desqualificar a atuação política de Bernal não é correta. “É uma comparação indevida, se alguém foi secretário realizou obra porque estava na função de Executivo e tinha como obrigação fazer obra, agora, legislador que faz obra eu não conheço, porque não faz parte da função do legislador”, acrescentou o petista.

Da mesma forma analisaram os deputados Cabo Almi (PT) e professor Rinaldo Modesto (PSDB). “Quem faz obra é o Poder Executivo. O trabalho do Legislativo muitas vezes acaba ficando no anonimato, o legislativo não tem como impor a marca, por uma placa na obra. Você no máximo vota a favor da emenda, depois é responsabilidade do Executivo”, disse o petista. (Midiamax)

 

Por: Da Redação


Busca

Publicidade





Todos os direitos reservados a Jornal Pérola do Pantanal News www.perolanews.com.br / Tel. (67) 99254-9537
E-mail: jornalperola@ibest.com.br / End.: Rua Castro Alves, nº 60, Bairro Boa Esperança, Ladário-MS, CEP: 79370-000

Jornalista: Douglas Assad Arruda
MTB nº 1631/MS
Site desenvolvido por Matheus S. Nascimento